Diversão descompromissada

Olá olá,

como disse outro dia, atualmente tenho jogado Ultimate Marvel vs Capcom 3. Nem gosto tanto de jogos de luta, mas esse eu acho especialmente divertido, com muita luz, barulho, personagens legais e um clima muito engraçado. Ponto, é só por isso que jogo.

Talvez você pense “grande coisa, que comentário idiota”, mas não é bem assim. Acontece que os jogos cada vez mais tem histórias e enredos elaborados (já dito aqui) e possuem críticos cada vez mais especializados nisso. Um jogo com uma trama fraca pode correr o risco de já não agradar mais tanto quanto antigamente. Dias atrás eu vi no fórum do uol jogos uma discussão sobre um jogo em específico, Vanquish, sendo este considerado como o pior enredo de todos os tempos pelo criador do tópico. Resumidamente trata-se de uma guerra entre americanos e russos (novidade?), mas a brilhante ideia foi colocar os russos como robôs assassinos! Simplesmente fantástico!

A discussão estava acirradíssima, pois alguns estavam dizendo pouco se preocupar com o enredo pífio do jogo, argumentando que ele tem uma excelente jogabilidade e é muito divertido, não fazendo diferença se ele sequer tinha alguma história ou não.

Esse é um dos pontos mais delicados na hora de analisar videogames, afinal, qual sua vocação? Conheço jogos com enredos bobos, mas que são excelentes, como por exemplo, Mario. Enquanto alguns com bons enredos não fizeram grande sucesso, como LA Noire.

Concordo em partes. Realmente alguns jogos são feitos para mera diversão simples, como Ultimate Marvel Vs Capcom, ou Burnout Paradise, por exemplo. Por outro lado, uma coisa é ter um enredo simples, ou até mesmo “não” ter enredo. Outra coisa é ter um enredo terrível, cheio de idéias dominantes, como o próprio Vanquish, CoD e por aí vai.

Sei que CoD é divertido, eu mesmo joguei bastante, mas não sei até quando essas baboseiras vão durar. Com o tempo, a evolução da mídia e a Educação das pessoas PARA os jogos farão com que os desenvolvedores quebrem a cabeça para fazer jogos cada vez mais elaborados. Não sei até que ponto isso será totalmente benéfico, pois adoro jogar Team Fortress 2 e dar risada vendo o Pyro falando por baixo de sua máscara enquanto tento queimar algum inimigo!

Particularmente acho bom ter meus momentos de diversão descompromissada, apenas para relaxar, dar risada e desestressar um pouco. Mas isso não pode significar engolir qualquer enredo tosco, em nome de mera diversão barata e passageira. Ainda prefiro os jogos que marcam, seja por personagens bem feitos ou histórias bem contadas.

Deixo como exemplo um jogo que os mais jovens não tiveram a oportunidade de conhecer, mas que era diversão garantida, mesmo sem ter uma grande história. Logo depois o vídeo de um jogo que foi marco para o gênero e que virou até filme depois, com uma história sinistra e bem feita!

Enjoy!

 

Anúncios

Um comentário sobre “Diversão descompromissada

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s