Violência… nos estádios

Salve minha gente,

fiquei um período sem escrever, estava viajando no final de semana e realmente estive ausente. Mas agora estou de volta e já comecei a semana lendo aquele tipo de notícia/comentário que eu não queria ler: a velha e famigerada associação entre violência e videogames. Pelo menos dessa vez a coisa foi inédita, pois o sr. Perrone, conhecido comentarista esportivo, escreveu em seu blog nos advertindo sobre um perigoso MOD de GTA que coloca torcidas organizadas para brigarem! Dá até medo de jogar não dá?

Eu não ia postar o link aqui, mas resolvi colocar, mas quem conta o milagre e não dá o santo é jornalista picareta. Então, quem quiser ver essa maravilha postagem do sr. Perrone, basta clicar aqui.

Sinceramente eu acredito que nem deveria mais comentar esse tipo de acontecimento, mas o desapontamento é tão grande quando isso ocorre que não resisto.

Nesse final de semana tivemos mais um episódio da novela da violência em estádios brasileiros, dessa vez no Rio Grande do sul, no jogo do Grêmio em Pelotas. Isso é inaceitável e as autoridades todas sabem disso. Os bandidos saem impunes, há conivência com as agressões, torcidas organizadas com financiamento dos próprios clubes e por aí vai. É absurdo ver o que acontece com o futebol no Brasil e mais absurdo ainda é um “jornalista” escrever de uma forma tão inconsequente, alardeando que os games reproduzem essa violência de forma brutal, ou pior ainda, que os torcedores reproduzem a violência presente no game. Esse tipo de comentário é tão ignorante quanto maldoso, pois não há a menor preocupação em saber o que acontece de verdade, nem de sse aprofundar no problema.

Assim como a maioria dos que falam sobre a violência dos games, o sr. Perrone com certeza não jogou, ou sequer se aproximou de gta, buscando apenas imagens presentes no Gugou, falando sem conhecer sobre seu assunto. É bem verdade que esse é um mal que assola o jornalismo brasileiro, pessoas mal intencionadas falando sobre aquilo que não tem ocnhecimento, ou propositalmente espalhando mentiras no intuito de derrubar a imagem de alguém ou algo.

É profundamente lamentável que um tema tão sério quanto a violência nos estádios (e nos videogames) seja reduzido a algo tão bobo. Há uma linha, no final do post em o sr. Perrone diz “Como lembra o leitor TahtoSP em seu comentário, o modelo com as brigas de torcidas é uma modificação pirata feita no jogo original, com confrontos entre gangues”, ou seja, primeiro foi feito o ataque e somente depois o esclarecimento (mal feito). Não há debate sobre a criação do MOD, quem o fez, o sucesso que faz e nem o porque de seu sucesso. Será mesmo que aqueles que brigam e invadem os estádios são os jogadores que baixam esse mod? Será mesmo que são inspirados pelas imagens de torcedores atirando de Ak 47(!) em seus arqui rivais?

No fundo, não passa de uma notícia infantil, expondo a fragilidade do jornalista em questão e do jornalismo brasileiro. Uma pena ter lido isso e não poderia deixar de compartilhar essa frustração.

O conteúdo do MOD é obviamente violento, pois não passam de skins para o jogo GTA que no meu ponto de vista é violento e não apropriado para crianças muito novas, que podem não entender as mensagens transmitidas pelo jogo. De qualquer forma, não passa de uma violência ficcional, não representando uma ameaça a sociedade civil e seus bons costumes (e que bons costumes). Isso sem contar o acesso ao MOD e ao jogo em si, normalmente pirata, jogado por jogadores abaixo da indicação etária e vários problemas que dariam outro tópico.

Após minha breve indignação, deixo a vocês um vídeo de Ultimate soccer do Master System, para mostrar que tanto no videogame como na vida real o futebol é apenas uma coisa: futebol.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s