Summer games

Durante essas semanas em que se respira esporte, devido a glamurosa olimpíada que está rolando em Londres, todos somos influenciados a praticar, ver ou estudar diferentes modalidades. Para quem gosta, é um prato cheio, para quem não gosta é uma oportunidade de conhecer algo pelo qual possa vir a se interessar e para quem não gosta de forma alguma, lamento, mas vai ter que aguardar até que os jogos acabem.

Fiquei na dúvida. Não sabia se fazia um apanhado geral dos jogos esportivos desde o início dos videogames até hoje ou se falava de algum (alguns) jogo(s) em específico.  Como não se lembrar do destruidor de controles Dechatlon, ou do engraçado tênis, ambos do Atari? Esqui, basquete, Pong, enfim, são vários jogos esportivos desde os primórdios dos videogames, mas preferi reviver aqui um jogo não tão antigo, mas já idoso, pertencente ao Master system e um dos meus favoritos até hoje, California Games, ou simplesmente Jogos de verão.

Encarte da caixa do jogo “Jogos de Verão”

 

Você definia seu nome, escolhia seu patrocinador, definia quantos seriam os esportes a serem disputados e depois era só ir para a peleja. As modalidades presentes eram: Half pipe, Foot bag (algo como embaixadinhas), patins, BMX, Surf e Arremesso de disco.

Um dos grandes diferenciais já se apresentava logo no início do jogo, pois era possível realizar disputas entre até 8 jogadores, algo muito incomum na época (até hoje na verdade). Evidentemente não eram 8 jogadores ao mesmo tempo na tela, mas apenas um de cada vez. Os outros jogadores aguardavam pacientemente sua vez.

Ponto de destaque era a trilha sonora. Mesmo com toda a simplicidade do hardware, o som era de primeira. Nada como pegar uma onda ao som de Wipeout. Mas não era apenas o surf que contava com boa música não, todas as modalidades tinham sua trilha sonora e posso afirmar que todas eram bem interessantes.

O repaly do jogo também era alto, pois além de contar com diferentes esportes, California games contava com um sistema de recorde, que sempre que batido, levava o jogador a um mini jogo, em que poderia (dependendo da sorte) alterar o funcionamento de três das disputas: BMX, surf ou Foot bag.

Meu favorito era o BMX. Andar de bike no deserto, saltando por inúmeras rampas e realizando manobras radicais era muito divertido. Essa inclusive era uma das principais características de jogo, ele era divertido demais. Recordo de disputas com parentes e amigos em que cada um aguardava sua vez e torcia ferozmente pelo erro do adversário.

Meu ponto fraco sempre foi o surf, em que nunca conseguia uma nota maior do que 6. O restante era sempre mais disputado, não havendo nenhum destaque.

É interessante apontar que não se tratam de modalidades populares, como futebol ou basquete, mas isso não impediu o sucesso do jogo no mercado nacional. Isso prova que é possível sim apresentar inovações e coisas que fujam ao lugar comum, algo pouco visto na maioria dos jogos hoje em dia. Não havia tanto medo da inovação e da experimentação. Particularmente eu duvido que hoje em dia lançassem um jogo nesses moldes, a menos que ele fosse feito para ser jogado com o PS move ou o kinect, mas essa já outra história.

Fiquem com um vídeo do BMX  (com direito a quebra de recorde e mini game no final) e se se ficar curioso, tente baixar o ROM para seu pc, garanto que não vai se arrepender.

Até!

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s