Catherine

Já ouviu falar em Catherine?

De tempos em tempos somos presenteados com alguns jogos que fogem a mera normalidade. Aqueles que saem da mesmisse, dos tirinhos, dos enredos fracos, da jogabilidade de sempre, da historinha banal, dos personagens óbvios e assim por diante. Como exemplo disso eu poderia lembrar de Indigo prophecy, Half life, Sim city, Flower, Portal e outros mais por aí.

É nesse seleto grupo que aparece Catherine, um jogo feito claramente para adultos. O termo adulto é empregado aqui não apenas em referência a idade de seus jogadores, mas também à sua maturidade e isso ficará mais claro nas palavras adiante.

Resumidamente, a história de Catherine é sobre o pobre coitado Vincent (personagem controlado pelo jogador), rapaz de pouco mais de trinta anos, trabalhador e com uma namorada, chamada Katherine (com “K” mesmo). Entre a vida do trabalho e seus encontros com a moça ele costuma frequentar um bar com seus amigos. A interação com outros personagens se dá principalmente nesse local, onde você pode, e até mesmo deve, inclusive ficar bêbado, seja com cerveja, drinks, wiskhy ou saquê.

Fim do dia e Vincent sempre enche a cara no bar junto com seus amigos

Isso tudo até que um dia surge no bar a linda Catherine (com “C”) e tudo começa a ficar estranho. Ela sempre dá um jeito de dormir junto com Vincent e o rapaz começa a ficar desesperado por estar traindo sua namorada, mesmo que em alguns momentos isso pareça ocorrer “sem querer”.

Em meio aos diálogos com seus amigos e aos quebra cabeças, você troca mensagens com as mulheres, que sempre o colocam contra a parede, uma pressionando por casamento, suspeitando estar grávida e tudo aquilo que praticamente toda e qualquer namorada comum costuma fazer (que beleza, rs) enquanto a outra, envia fotos semi nuas, provoca e se insinua constantemente pra cima do já atormentado Vincent, praticamente tudo aquilo que toda e qualquer não namorada costuma fazer (que beleza também, rs).

Vincent ao lado de sua namorada Katherine e com a provocante Catherine ocupando toda a imagem

Acontece que que depois de toda noitada no bar, ao chegar em casa e dormir, Vincent tem sempre o mesmo tipo de pesadelo, onde tem que ficar resolvendo um grande quebra cabeça, em que precisa escalar por sobre blocos até o topo de uma estrutura. Se cair, morre. No caminho desses quebra cabeças Vicent vai encontrando com várias ovelhas (que na verdade são outros homens que também estão tendo o mesmo pesadelo).

Aqui começa o grande mistério. Estão acontecendo uma série de mortes misteriosas com homens adultos. Eles dormem e amanhecem mortos de forma bizarra. As pessoas dizem que trata-se de uma maldição que tem afetado os homens da cidade. Em pouco tempo Vicent percebe que essa maldição atinge todos aqueles que traem suas namoradas ou esposas.

Ao fim de cadaquebra cabeças, você encontra outras ovelhas, desesperadas para não morrer e trocando técnicas para subir os blocos. O jogador pode notar claramente que essas ovelhas são na verdade os outros frequentadores do bar, contando suas dificuldades e porque imaginam estar nesse pesadelo. No dia seguinte ninguém lembra exatamente com o que sonhou. Nessa mesma área onde ficam essas outras ovelhas encontra-se um espécie de confessionário, em que uma voz misteriosa conversa com Vincent e faz perguntas de caráter extremamente pessoal (que na verdade são direcionadas ao jogador). Tais como “O que você considera traição: um envolvimento físico ou pode ser apenas algo sentimental na sua cabeça?” ou “Você pretende se casar e viver para sempre com uma única pessoa?” entre várias outras que podem surgir. Ao todo o jogador responde 18 questões, se não me engano.

Então, a vida começa ou acaba no casamento?

Essas perguntas na verdade servem para definir qual será o final do jogo, pois existe mais de um possível. Dependendo da personalidade dada pelo jogador a Vincent, um evento diferente ocorrerá no final. Sobre a história não direi mais, para não estragar a experiência de ninguém. Só posso dizer que ela é bem interessante e envolvente, valendo muito a pena ser conferida de perto. Muitas reviravoltas acontecem e você pode se surpreender em alguns momentos.

Sobre o jogo no geral, me senti um tanto desconfortável em alguns momentos, pois estava no bar, totalmente envolvido com a história e com os outros personagens, mas você é obrigado a para passar pelos quebra cabeças, que apesar de interessantes de jogar, considerei bastante descolados do restante da ação do jogo. Chega a surgir uma explicação para a analogia da escalada dos blocos, mas ela não me convenceu muito (ou estou sendo crítico demais). Acho uma pena quando história e quebra cabeça surjam de forma “descolada” nos jogos. É a velha distinção entre os aspectos narratológicos e ludológicos. Sei que é muito difícil inserir quebra cabeças de forma orgânica nos jogos e para mim o exemplo mais claro disso é Portal, em que os quebra cabeças na verdade SÃO parte da história e desempenham papel central no jogo.

A escalada dos blocos pode ser bem complicada as vezes

Isso chegou a me causar certo desconforto em determinados momentos do jogo, mas nem todos se sentiram assim e sempre relembro que isso algo é algo bastante pessoal. Também achei que no final a história deu uma alongada um tanto desnecessária, perdendo seu clímax. Por mim o jogo poderia ter terminado um pouco antes ou ter apresentado  o enredo de outra forma.

De qualquer forma, isso não invalida a experiência nem um pouco. Catherine é um jogo muito interessante e diferente, sendo recomendado nesse blog. Na verdade, mais do que recomendado, vale a pena ser debatido enaltecido, pois quem sabe assim os produtores se arrisquem um pouco mais. Mesmo apresentando características bastante orientais, ele se encaixou bem no ocidente e isso mostra que é possível essa conjucação oriente x ocidente.

Mas se você for menor de idade ou se está na véspera de seu casamento, tome cuidado, pois pode não ser o jogo ideal para você.

Até!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s