Auto ajuda empresarial

Está aí algo que considero bem irritante: aquele papinho Augusto Cury, Segredo etc voltado para empresas e conquista de clientes, mercado, grana e qualquer coisa besta valorizada pelo capital de forma pouco profunda. Mas as vezes é tão ridículo que pode ser divertido. Hoje vai ser dia de post curto e direto, relatando uma experiência muito recente.

Como disse no último post, passei por várias mudanças nos tempos recentes e uma delas foi a mudança de cidade. Fora os inúmeros detalhes que uma mudança exige, em relação à nossas coisas, novo lar etc, temos também os vários contratos e papéis para assinar. Primeiros dias em casa vem com sofrimento tb: sem internet, tv a cabo, chuveiro, gás… não e fácil. Porém, vou entrar em detalhes na questão da internet/Tv.

Pois bem, vou resumir bastante: pedi transferência de endereço para a empresa NET, aifnal, não queria perder meu tempo de contrato e os “benefícios” que ele me trazia. Não foi fácil. Passaram-se 36 dias até que a situação fosse resolvida e nesse meio tempo cheguei ao ponto de ouvir de um atendente a seguinte expressão

A pessoa que te atendeu agiu de má fé e lhe vendeu um produto novo ao invés de transferir seu endereço. Vc sequer falou no setor de transferência, o sr falou no setor de compras. Lamento o ocorrido e vamos abrir investigação interna sobre o caso.

Demorou muito, mas deu “certo”. Por que conto essa história? Para estabelecer uma comparação. Como decidi voltar a escrever com periodicidade, resolvi voltar a jogar alguns jogos que tenho e sobre os quais não escrevi. Um deles é talvez um dos meus favoritos da vida, Starcraft 2. Mas nada na vida é fácil, então vamos a mais uma breve história.

starcraft2collectors_208323b

Como eu não jogava Starcraft já havia pelo menos 6 anos, obvimente não lembrava minha senha na Blizzard. Sem problemas, criei uma conta nova e reinstalei o jogo. Não deu certo, pois o cadastro dizia que aquela chave do jogo já havia sido utilizada em outra conta. Fiquei simplesmente furioso, furioso pra valer. Essa política do jogo não poder ser vendido, emprestado etc é criminosa e eu queria explodir aquela caixa do CD. Bem desesperançoso, enviei mensagem ao suporte da Blizzard relatando o caso. Detalhe, era um sábado, às 22h aproximadamente (sim gente, sábado a noite em casa, vida de trabalhador de fds não é fácil).

Foram necessários apenas 3 minutos para que a resposta viesse. Não era uma resposta automática, era uma pessoa do suporte explicando o caso, me pedindo uma foto do código do jogo e de um comprovante dos meus documentos. Fiquei um tanto surpreso, mas enviei mesmo assim. Menos de 5min depois recebo a seguinte resposta, transcrita na íntegra aqui:

Missão cumprida brother, consegui transferir o jogo com sucesso para sua conta nova. Tá em casa aqui na Blizzard Gustavo, sempre que precisar entre em contato.

Eu não acreditava, parecia até mentira, mas não era!

Por que dessa história? Bom, vamos pensar no formato de administração de cada uma das empresas mencionadas aqui, qual delas se utiliza de terceirizações, prezam pela qualidade dos produtos, cresce a cada a ano, evolui etc etc… não é a toa que a indústria dos games cresce, enquanto outras só encolhem. Parece haver um abismo entre a forma de pensar de certas empresas e essa experiêcia pela qual passei parece que veio para comprovar isso.

Não acho que a Blizzard seja composta por anjinhos, mas neste caso eu preciso admitir que se mostraram incríveis.

Em breve escrevo sobre o jogo em si. Nesse meio tempo eu recomendo que o pessoal da NET leia alguns livros sobre como consquistar clientes, de preferência sem roubar, enganar, forçar e tudo mais que costumam fazer.


Gustavo Nogueira de Paula

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s